6 de outubro de 2014

Os prós e os contra na compra de Imóveis pelo Consórcio

Quais são os prós e os contra na compra de imóveis pelo consórcio?


Prós e contra na compra de Imóveis pelo Consórcio


            Muitos brasileiros ainda se veem distantes da casa própria, mas o que muitos não sabem é que o consórcio pode ajuda-los a ficar mais perto da casa própria. Como o consórcio não cobra juros e tem menos burocracia, ele é uma ótima alternativa para quem se planeja.

            Antes de explicar as vantagens e desvantagens é importante deixar claro o que é um consórcio.
            O consórcio é formado por um grupo de pessoas (físicas e jurídicas) que se autofinanciam para adquirir um bem. Cada membro é chamado de cotista e paga um valor mensal. Todo mês é realizada uma assembleia onde ocorre o sorteio para contemplar um participante com a carta de crédito. Durante as assembleias, os cotistas podem dar lances para ter acesso mais rápido a cartas de crédito.

Prós e contras do consórcio de imóveis
            O consórcio é uma alternativa muito interessante para quem não precisa adquirir o imóvel imediatamente, não quer pagar juros e quer evitar a burocracia.
            Se planejando, você acaba pagando muito mais barato em um consórcio do que em um financiamento. Juntas as taxas de administração do consórcio, fundo de reserva e seguro de vida somam 30% do valor final do pagamento, muito mais barato que em um financiamento.
Se você financiar 80% da sua casa, no final conseguiria comprar outra com o valor que você pagou em juros de financiamento. Outra vantagem do consórcio é que quando você recebe sua carta de crédito pode barganhar o preço à vista do imóvel. 
Além dessas, o consórcio ainda tem outra vantagem. Você pode usar seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para completar o valor da carta de Crédito, quitar parcelas e até para dar lances em assembleias de contemplação.
Infelizmente, o consórcio não é ideal para quem não pode esperar. Alguns planos de consórcio podem demorar até 12 anos. Então, se você tem pressa e não tem dinheiro para dar lances, o ideal é optar pelo financiamento.

Existem diversas administradoras de consórcios, sempre investigue a empresa antes e veja se ela segue as normas do Banco Central.